Comunicação Empresarial - Blog de Maurício Louzada - Mauricio Louzada

Busca
Palestras Motivacionais
de alto impacto
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Comunicação Empresarial

Publicado por Maurício Louzada em Para o Trabalho · 16/4/2009 15:38:00
"Se achas que sou incapaz, pode retirar o filhote de eqüino da perturbação pluviométrica, por que eu vou derrubar uma das unidades de acampamento com a extremidade do membro inferior, e tu irás romper a face".

Talvez, com um esforço parecido com aquele que os arqueólogos fazem para decifrar hieroglifos ou idiomas perdidos, você tenha decodificado a mensagem em vermelho no parágrafo acima. Palavras que não estão no nosso dia-a-dia, ou termos compostos substituindo palavras simples, e você terá que se esforçar para entender. A tradução?

"Se você acha que não posso conseguir, pode tirar o cavalinho da chuva, porque vou chutar o pau da barraca e você vai quebrar a cara". 

Aí estão dois dos erros mais comuns na comunicação profissional: alguns utilizam uma linguagem tão complexa e rebuscada que não se fazem entender, objetivo básico de qualquer comunicação. Por outro lado, outros utilizam termos tão populares e chulos, que sua credibilidade chega próximo ao "zero", passando a imagem de desleixo, falta de conhecimento e amadorismo. Encontrar a linha tênue que divide esses dois caminhos é, sem dúvida, um dos segredos do sucesso na comunicação corporativa. Algumas dicas importantes para encontrar esse caminho são as seguintes:

1 - Amplie seu vocabulário 

Quanto mais amplo foi o seu vocabulário, mais você estará preparado a falar de maneira objetivo e simples. Ao contrário do que parece, pessoas com vocabulário rico não falam de maneira complexa, pois têm à sua disposição uma ampla gama de palavras para se dirigirem a qualquer público. Ampliar o vocabulário requer muita leitura. Você tem feito isso ultimamente?

2 - Sincronize a velocidade do pensamento e verbalização

A fluência na nossa comunicação oral está intimamente ligada à forma como construímos nosso pensamento e como o transformamos em "fala". Portanto, procure criar uma sequência lógica dos assuntos a serem falados, e mantenha sempre seu pensamento um passo à frente da verbalização. Assim você terá mais fluência e será mais facilmente compreendido.

3 - Concentre-se no seu "receptor"

Quando nos dirigimos a uma criança temos uma forma de falar, totalmente diferente daquela que usamos para falar com um colega de faculdade, por exemplo. Assim também é a comunicação empresarial. Temos que estar focados no nosso receptor, para utilizar uma linguagem adequada ao seu nível de compreensão. É comum líderes delegarem tarefas utilizando termos complexos que são liderados não compreendem, e depois culparem os mesmos liderados pela execução ineficaz da tarefa.

4 - Cuidado na comunicação escrita 

Muito além de escrever um português correto (o que é essencial), os cuidados com a comunicação escrita devem estar na ética e cordialidade que a mesma requer. A palavra escrita não conduz a intenção que é percebida na verbalização. Assim, muitas vezes uma palavra pode ser mal interpretada pelo leitor. Portanto, sempre que utilizar este tipo de comunicação, use termos cordiais como "por favor", "agradeço", etc. Eles darão ao leitor a intenção de respeito, minimizando a possibilidade de um erro interpretativo.

5 - Comunique-se sem medo 

A prática da comunicação leva ao seu contínuo aprimoramento. Não tenha medo de se comunicar. Quando tiver a oportunidade de falar em público, encare seus medos e desafios. Você perceberá que um monstro dominado é bem menos assustador do que parece.

Ao desenvolver sua habilidade de comunicação, você estará se preparando para o futuro. Uma boa comunicação é uma condição essencial para o desenvolvimento profissional.

Pessoas de sucesso, dentre outras habilidades, se comunicam bem. Afinal, é muito mais fácil liderar, expor suas idéias e realizar suas metas, se a comunicação está trabalhando a seu favor.

(Permitida a reprodução desde que citado o autor - Maurício Louzada)



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal